Conheça as profissões mais perigosas do mundo e o salário de cada uma delas

ANÚNCIO

Diversos fatores são considerados ao escolher uma profissão, como benefícios, horários, localização, salário, entre outros.

A maioria das pessoas acaba escolhendo profissões comuns depois de fazer essa análise, como em escritórios, restaurantes, hospitais, shoppings e outras áreas com as quais têm mais familiaridade.

Em direção oposta às escolhas feitas pela maioria, várias pessoas usam apenas o fator salarial como requisito fundamental para aceitar um emprego. Muitas vezes elas desconsideram até o grau de insalubridade da profissão.

Ter uma carreira “normal” muitas vezes pode ser considerado um grande desafio, causando muito estresse, cansaço e, algumas vezes, levando o profissional ao limite. 

Se o trabalho em si já é complicado, por que tantas pessoas optam por profissões diferentes e perigosas?

Seja por adrenalina, necessidade ou por ambição, várias pessoas optam por arriscarem-se em empregos nada tradicionais, que podem ser tanto lucrativos quanto perigosos.

E será que vale a pena correr esse risco? Será que o ganho supera a periculosidade?

Não existe apenas uma profissão que se destaque quanto à periculosidade ou rentabilidade. Diversas áreas possuem possibilidades de bons lucros para quem está disposto a se aventurar.

Assim como há empregos que fogem do que é considerado “normal”, há também os que são incomuns e perigosos. Que podem render altas quantias em dinheiro, mas expõem os trabalhadores a grandes riscos.

Para alguns, o risco supera a vontade de lucrar, mas para outros, tudo vale a pena na busca por um bom salário.

Descubra a seguir quais as profissões que mais se destacam pelos riscos e por suas remunerações consideráveis.

Astronauta

É comum que crianças sonhem em se tornarem astronautas no futuro. Apesar de ser um sonho de infância, não é nada fácil desempenhar essa função, pois ela é claramente muito perigosa.

Qualificações

Para ser astronauta, é preciso ser aprovado em diversos testes específicos e possuir diplomas de graduação e pós-graduação.

Também é necessário ter no mínimo mil horas de vôos como piloto e três anos de experiência na profissão. O processo seletivo da NASA é extremamente difícil.

Remuneração

A remuneração dos astronautas é determinada pelo governo dos Estados Unidos, conforme a formação acadêmica e o tempo de experiência de cada um.

Um astronauta novato recebe uma média de US$63.000 dólares (cerca de R$ 244 mil reais) ao ano. Um profissional mais experiente pode receber até US$ 120 mil dólares anualmente.

Soldador Subaquático

O local de trabalho desse profissional localiza-se a centenas de metros abaixo do nível do mar. Esse trabalhador precisa ter conhecimentos e habilitações em soldagem e mergulho comercial.

No Reino Unido, por exemplo, o soldador precisa participar de um curso de mergulho que possui disciplinas direcionadas à soldagem como parte da grade curricular. Esse curso pode durar cerca de 20 semanas.

Qualificações

Para desempenhar essa função, o interessado precisa também ter atuado como mergulhador comercial por 2 anos.

Mergulhadores profissionais podem se inscrever diretamente nas empresas que oferecem esse tipo de vaga, para passar por um treinamento de soldador.

O soldador subaquático precisa ter conhecimentos em montagem, corte, fotografia e outras habilidades próprias de mergulhadores comerciais.

A freqüência e o pagamento do trabalho podem variar de acordo com a região do profissional. Geralmente quem se disponibiliza a viajar possui uma maior probabilidade de receber novas ofertas de trabalho nessa área.

Remuneração

A remuneração desse profissional varia entre US$ 100.000 a US$ 200.000 ao ano nos Estados Unidos. Já no Reino Unido, um soldador subaquático experiente pode receber 1.000 libras por dia. (Aproximadamente R$ 6.618,72)

Pescador de Caranguejos gigantes em alto mar

Os pescadores de Caranguejos gigantes no mar de Behring, no Alasca, precisam enfrentar grandes perigos e condições ambientais extremas em sua profissão.

Em uma temporada de pesca, os profissionais podem trabalhar cerca de 18 horas por dia, enfrentando mares bastante agitados.

Essa profissão é tão perigosa e lucrativa que virou uma atração no Discovery Channel, ganhando ainda mais visibilidade.

A pesca é feita lançando armadilhas com iscas ao mar. Essas armadilhas são grandes estruturas metálicas extremamente pesadas.

Cada temporada dura 2 semanas, pois esse é o único período liberado pelo governo dos Estados Unidos para esse tipo de atividade.

Por mais que o período de pesca seja curto, cerca de 90 toneladas de Caranguejos são pescadas por cada barco licenciado.

ANÚNCIO

A taxa de mortalidade dessa atividade é de aproximadamente 141 a cada 100 mil trabalhadores, cerca de 80 vezes maior que a do trabalhador médio.

Remuneração

Muitos pescadores são atraídos para esse tipo de pesca pela expectativa de altos salários.

O valor pago pelo kilo do Caranguejo Gigante, ou Caranguejo Real, é US$10 dólares. Cada pescador pode receber uma porcentagem de 1,5% a 5% sobre o total pescado na temporada. Os ganhos de cada um podem chegar a US$ 100 mil dólares.

Peão Boiadeiro

O Peão Boiadeiro é o profissional que compete em diversos rodeios, montando em cavalos ou touros. Para vencer, o profissional precisa permanecer em cima do animal por 8 segundos.

As festas de rodeios são muito populares no Brasil, especialmente no interior de São Paulo, sendo a Festa do Peão Boiadeiro de Barretos a mais popular.

Remuneração

O Peão Boiadeiro é considerado um dos profissionais mais bem remunerados no interior de São Paulo.

Como o Peão é a principal atração das festas de rodeio, ele pode receber até R$ 60 mil reais em um só evento, além das diversas outras premiações fornecidas aos vencedores.

O Tricampeão da Festa de Barretos, Virgílio Gonçalves, já recebeu 16 carros e 16 motos ao longo de sua carreira como Peão Boiadeiro.

Além do Brasil, essa profissão também é muito bem paga em outros países. Os mais famosos Peões nos Estados Unidos, por exemplo, chegam a receber US$ 1 milhão ao ano.

Removedor de minas terrestres

Atualmente os robôs são utilizados para retirar maior parte das minas terrestres que restaram das guerras. 

Cerca de 60 países são afetados por minas terrestres que ainda não explodiram.

Mesmo com o uso dessa tecnologia, ainda é preciso que pessoas se arrisquem nesse trabalho, pois os robôs conseguem retirar apenas 80%.

De 1996 a 2002, cerca de 500 pessoas perderam a vida nessa profissão.

Qualificações

A Organização de Removedores de Minas na Alemanha (DEMIRA) atua no combate ao perigo de detonação de minas e munições.

Geralmente esse trabalho é realizado por soldados ou pessoas diretamente ligadas à área. No caso da DEMIRA, os interessados precisam se inscrever e fazer diversos treinamentos de segurança, antes de atuarem na profissão.

Engenheiro Químico de Petróleo

Ficar isolado em uma plataforma de petróleo ou em navios de beneficiamento pode ser muito perigoso.

Apesar de não ser uma das profissões mais perigosas, trabalhar como Engenheiro Químico em plataformas de petróleo não é muito seguro.

Qualificações

Essa área de atuação exige conhecimentos específicos de todas as fases da extração de petróleo e de gás natural.

As principais atividades desempenhadas por esse profissional envolvem a descoberta e a exploração dessas substâncias.

Para seguir carreira, é preciso, principalmente, ter conhecimento em geologia e mineração. Também é aconselhável saber falar outra língua, pois é uma profissão internacional.

O curso de Engenharia de Petróleo tem duração de 5 anos e o profissional pode atuar em diversos outros campos além das plataformas.

Remuneração

A engenharia é, de modo geral, uma profissão bem remunerada no Brasil. No caso do engenheiro químico, o salário é, em média, R$ 10.873,00 reais ao mês, cumprindo uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Embora a média salarial mensal não ultrapasse R$ 11 mil reais, o engenheiro petroquímico pode chegar a ter um salário mensal de R$24.799,43.

Criação de serpentes para extração de venenos

O IBAMA possui uma legislação específica para regulamentar a criação de serpentes no Brasil.

Para montar um criadouro de cobras no País, é preciso seguir as normas estipuladas pelo instituto e possuir a documentação necessária.

Os criadouros podem possuir apenas as espécies autorizadas, que geralmente utilizam um chip de rastreamento para que o dono das cobras e o IBAMA possam ter controle sobre os animais.

O veneno das extraído das cobras é usado para produzir soro antiofídico, que pode ser transformado em antídoto ou usado no preparo de medicamentos.

Como cada cobra pode produzir apenas uma pequena quantidade de veneno, é preciso ter um grande número de serpentes em um criadouro. 

Por exemplo, são necessárias 30 cobras para extrair 100mg de veneno. Um serpentário bem estruturado pode realizar extrações regularmente e possuir mais de 600 cobras, por isso é uma profissão extremamente perigosa.

Dependendo da espécie, a grama do veneno pode custar de R$300,00 a R$ 7.000,00 reais.

Construção Civil

A carreira na construção civil vem crescendo de forma considerável no mundo, mas ainda é considerada uma profissão muito perigosa.

O profissional dessa área está sujeito a ambientes muito altos, além de ter que lidar com maquinário e cargas pesadas e condições insalubres de trabalho.

Essa área é uma das campeãs em acidentes de trabalho no país. O trabalhador está sujeito a quedas, choques elétricos, problemas de saúde devido à constante exposição a componentes químicos.

Remuneração

Os salários variam de acordo com as funções exercidas pelos profissionais, podendo chegar a R$ 7.965,13 reais.

Considerações finais

Essas foram as profissões selecionadas hoje por nossa equipe. Ressaltamos que existem outras profissões (inclusive mais perigosas), porém ficaria muito extenso para adicionarmos em só artigo.

Em breve vamos trazer uma segunda parte, continue acompanhando nosso site.

ANÚNCIO


Conteúdo Relacionado

O Pixnel trás diariamente artigos sobre os mais variados temas. De Curiosidades interessantes a dicas relacionadas a jogos e aplicativos. Sinta-se a vontade para nos enviar sugestões por nossa aba de contato ou através das redes sociais.

Email: [email protected]


Início Contato Cookies Isenção de responsabilidade e direitos autorais Política de Privacidade
PIXNEL - CNPJ: 31.320.321.0001-05